União Europeia e Índia concordam em retomar discussões comerciais em cúpula virtual Por Reuters



Por Robin Emmott e Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) – A União Europeia e a Índia concordaram em retomar negociações sobre livre mercado e buscar uma cooperação mais próxima para combater as mudanças climáticas, em uma cúpula virtual neste sábado, no momento em que preocupações sobre a China aproximam Bruxelas de Nova Déli.

Parcialmente ofuscada pela crise da Covid-19 na Índia, a reunião juntou o primeiro-ministro indiano Narendra Modi a todos os 27 líderes do bloco pela primeira vez, em um sinal do renovado interesse da UE pela região do Indo-Pacífico.

Outras cúpulas entre UE e Índia envolveram apenas o primeiro-ministro indiano, os executivos-chefes e o presidente da UE.

“Concordamos em retomar as negociações para um… acordo comercial que seria uma resposta aos desafios atuais”, afirmaram os líderes indianos e da UE em um comunicado após as conversas, acrescentando que, para que elas sejam bem sucedidas, os dois lados precisam resolver problemas de acesso ao mercado.

Em paralelo, a UE e a Índia começarão discussões por um acordo separado de proteção de investimento e outro em indicações geográficas – marcas famosas frequentemente associadas aos locais em que são produzidas, como o Champagne da França ou o chá Darjeeling da Índia.

O crescimento da China de parceiro comercial a potência rival com uma presença militar cada vez maior ligou o sinal de alerta no Ocidente e seus aliados no Indo-Pacífico, onde Bruxelas quer mais influência.

“Concordamos que, como as duas maiores democracias do mundo, a UE e a Índia têm um interesse comum em garantir a segurança, a prosperidade e o desenvolvimento sustentável em um mundo multi-polar”, disse o comunicado conjunto.

(Reportagem adicional de Robin Emmott and Kate Abnett)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.





Fonte Notícia

Please follow and like us: