SP anuncia “operação de guerra” com retomada de hospital de campanha

[ad_1]

“Precisamos de ajuda”, afirmou o secretário de Saúde

Por: Bianca Antunes | 05 março – 17:26

Devido ao ritmo acelerado de internações e mortes por covid-19 no estado de São Paulo, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, anunciou nesta sexta-feira (5) uma “operação de guerra” para acolher pacientes. O governador João Doria (PSDB) ainda anunciou a criação de um novo hospital campanha.

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

LEIA TAMBÉM:

Manifestantes fecham a Marginal Tietê em protesto contra Doria

Cidade de São Paulo tem 80% dos leitos de UTI ocupados

Em entrevista coletiva, o secretário pediu ajuda a voluntários, para que possam ajudar no atendimento da linha de frente. “Vai ter paciente no corredor, o que nós não queremos é paciente desassistido”, disse Gorinchteyn.

O secretário solicitou apoio do Conselho Regional de Medicina, do Conselho Regional de Fisioterapia e do Conselho Regional de Enfermagem. “Nós precisamos de ajuda. Porque estamos em guerra”, concluiu. 

apresentou os indicadores de saúde do estado, que teve recorde de mortes nesta terça-feira (2). Além disso, o estado contém o maior índice de ocupação de UTIs desde o início da pandemia e o maior total de pacientes internados.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

[ad_2]

Fonte Notícia