Serrana registrou apenas uma morte em toda a população imunizada

[ad_1]

Neste domingo (11), foi divulgado parte dos resultados do ‘Projeto S’, o projeto de vacinação em massa na cidade de Serrana, no interior de São Paulo, para estudos do Instituto Butantan. De 27.150 voluntários que receberam as duas doses da CoronaVac, um morreu de covid-19.

Isso mostra um índice de mortalidade de 0,004% entre vacinados. O número de óbitos sobe para seis quando considerado os voluntários que receberam apenas uma dose da vacina.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

“A vacina não apresenta eficácia relevante sem a segunda dose, essa é a importância de tomar as duas doses e foi atingido durante o programa”, disse o diretor médico de pesquisa clínica do Instituto Butantan, Ricardo Palacios.

Segundo os dados apresentados, 27.722 pessoas foram vacinadas com ao menos uma dose da vacina. No total, Serrana tem cerca de 43 mil habitantes, mas nem todos estão aptos para receber a vacina. Menos de 18 anos, grávidas e lactantes, por exemplo, não podem ser imunizados ainda.

A aceitação geral da população para a vacina foi de 97,7%. Os resultados finais devem ser apresentados em maio. “Este projeto, extremamente ambicioso, será uma aposta pela possibilidade de sair dessa pandemia, pelo controle por meio da vacinação. Quase 28 mil pessoas decidiram, voluntariamente, nos ajudar com essa aposta, a população de Serrana é a verdadeira protagonista desse projeto”, afirmou Palacios.

LEIA MAIS:

Campanha de vacinação em massa na cidade de Serrana diminui casos graves da Covid-19

Serrana conclui última etapa de vacinação em massa neste domingo (11)

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

[ad_2]

Fonte Notícia