Reinfecção por Covid-19 pode trazer sintomas mais fortes, aponta Fiocruz


Ainda de acordo com o estudo, a reinfecção pode ser até da mesma variante

Por: Aline Bueno Silvestre | 07 abril – 22:02

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou uma nota nesta quarta-feira (7). Nela, o estudo analisou a reinfecção por Covid-19, que pode ter sintomas até mais fortes que o primeiro contato.

Além disso, a reinfecção pode acontecer até da mesma variante de antes.

Foto: Reprodução/Pixabay

 “Os dados mostram que para a parcela da população que tem a doença na forma branda (em que não é necessária a hospitalização) isso não significa que fique imune ou que uma reinfecção evolua de forma benigna. O estudo indica ainda que a reinfecção pode ser mais frequente do que se supõe”, divulgaram em nota.

O artigo estudado será divulgado na revista Emerging Infectious Desease (EID), dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC/EUA). Ele foi coordenado por Thiago Moreno, do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz).

Governo de SP registra 87 casos de variantes da Covid-19, mas especialistas garantem que o número é ainda maior

Sobre a pesquisa

Para os resultados, eles acompanharam um grupo de 30 pessoas de março até dezembro. Destas, 4 contraíram o Sars-CoV-2, com casos até da mesma variante. Por isso, os pesquisadores analisaram as duas infecções para comparar e chegar ao resultado final.

Eles também não descartaram a possibilidade de uma terceira infecção. “A gente não sabe quanto tempo dura a imunidade pós-Covid. Uma pessoa poderia ficar vulnerável a uma nova reinfecção ou mesmo a contrair uma variante diferente”, afirmou Thiago.

LEIA MAIS:

Fiocruz espera produzir 15 milhões de doses de vacina por dia

Letalidade aumentou com a difusão da variante brasileira, aponta estudo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: