Premiê provisório do Líbano pede novo governo conforme protestos continuam Por Reuters

[ad_1]


BEIRUTE (Reuters) – O primeiro-ministro provisório do Líbano, Hassan Diab, ameaçou neste sábado parar de desempenhar suas obrigações para pressionar os políticos a formarem um novo governo, citando um incidente em que consumidores brigaram por causa de leite para ilustrar a alarmante situação econômica.

O gabinete de Diab renunciou depois da explosão em um porto de Beirute em 4 de agosto que devastou a capital. O primeiro-ministro designado, Saad al-Hariri, foi nomeado em outubro, mas falhou em formar um novo gabinete desde então devido ao impasse político entre ele e o presidente Michel Aoun.

A crise financeira, que começou em 2019, devastou empregos e levantou alertas sobre a fome. Um novo gabinete pode implementar reformas necessárias para receber bilhões de dólares de ajuda internacional.

“Se o recolhimento ajudar com a formação do gabinete, então estou pronto para recorrer a ele, embora vá contra minhas convicções já que prejudica todo o Estado e é prejudicial aos libaneses”, disse Diab em discurso televisionado.

(Reportagem de Maha El Dahan e Laila Bassam)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

!function(f,b,e,v,n,t,s)
{if(f.fbq)return;n=f.fbq=function()
{n.callMethod? n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};
if(!f._fbq)f._fbq=n;n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;
n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];
s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window, document,’script’,
‘https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘751110881643258’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);


[ad_2]

Fonte Notícia