preço da saca vai subir e trazer bom rendimento para o produtor, diz analista

As importações chinesas de milho devem bater recorde de 26 milhões de toneladas este ano. Os preços do grão devem seguir em alta no segundo semestre, situação que vai beneficiar o produtor brasileiro.

O analista da TF Agroeconômica Luiz Pacheco explica que a importação da China pelo cereal cresce a cada ano. “Há dois anos a demanda era de mais de 7 milhões, ano passado foi de 15 milhões e esse ano espera-se uma demanda de 26 milhões”, afirma.

Ainda de acordo com o analista, apesar da alta demanda, países produtores terão uma menor oferta. A Argentina enfrenta problemas fiscais que barram a exportação e o Brasil e os Estados Unidos estão lidando com uma forte seca.

“Haverá uma explosão de preço. Todos os preços do segundo semestre vão ser acima de R$ 100 por saca com alta rentabilidade para o produtor”, completa.



Fonte Notícia

Please follow and like us: