População abaixo da linha da pobreza triplica; cenário atinge 27 milhões de brasileiros


Muitas famílias tentam sobreviver com o valor de R$ 246,00 por mês

Por: Bianca Antunes | 08 abril – 17:44

O número de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza triplicou no país em meio à pandemia do coronavírus. Atualmente, o cenário atinge 12,8% da população, cerca de 27 milhões.

Os dados são de levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os pesquisadores afirmaram que é o pior cenário da pobreza no Brasil nos últimos dez anos. A pesquisa, que foi divulgada nesta quinta-feira (8), mostrou que muitas famílias tentam sobreviver com o valor de R$ 246,00 por mês.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

Segundo os pesquisadores, o cenário é causado pelos altos níveis de desemprego e a ausência de políticas públicas, que dificultaram o acesso à renda. Na pesquisa, a FGV aponta que o novo auxílio emergencial não compensa as perdas de renda de cerca de 40% dos trabalhadores. Leia mais. 

O auxílio emergencial nas periferias

A nova rodada do auxílio emergencial, que começou a ser distribuída nesta semana, será usada por 98% dos moradores de comunidades no Brasil para comprar comida. O dado é da pesquisa realizada pelo instituto Locomotiva em parceria com o Data Favela e a Cufa (Central Única das Favelas).

LEIA TAMBÉM:

Impacto da nova rodada do auxílio no comércio deve ser oito vezes menor

Produção industrial cai em 10 dos 15 locais pesquisados em fevereiro, segundo o IBGE

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: