Palmeiras muda discurso e já se planeja para possível classificação no Paulistão – Esportes


Dias após se armar para tirar o peso de uma precoce eliminação do Campeonato Paulista, o Palmeiras agora adota novo discurso e já planeja uma possível classificação às quartas de final. São três pontos de desvantagem do Novorizontino restando duas rodadas, a próxima com clássico contra o Santos, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Há a possibilidade de o clube entrar na zona de classificação caso repita a vitória conquistada diante do Santo André. E com o Novorizontino perdendo. A calculadora parece, enfim, fazer parte do cotidiano do técnico português Abel Ferreira e seus auxiliares.

“Vamos lutar para passar e ganhar todos os jogos. É a obrigação do Palmeiras. Se por ventura conseguirmos a classificação (no Paulistão), vão jogar os melhores para aquele jogo”, afirmou o auxiliar João Martins. “Vemos jogo s jogo (a condição física do elenco) e o calendário vai dizer quais jogadores temos disponíveis”.

Apesar do Paulistão, o Palmeiras não esconde a obsessão pela Copa Libertadores. Nesta terça-feira, o time vai para a Argentina se reencontrar com o Defensa y Justicia e os titulares estarão de volta. Mas o clube faz trabalho diferenciado não apenas com os jogadores do time principal, mas também com algumas peças que podem mudar um resultado ao longo dos jogos.

Desta forma, o planejamento de Gustavo Scarpa atuar somente 45 minutos no estádio do Canindé para adquirir um pouco de ritmo. Sem Lucas Lima, ele é a única opção para substituir Rafael Veiga caso haja necessidade.

“Normalmente, a posição inicial dele é meia direita. Mas achamos por bem utilizá-lo na meia esquerda e teve um desempenho muito bom, com gol. Depois tivemos de gerir a energia no intervalo. Já estava estipulado antes, independentemente do que tivesse acontecendo, que ele sairia”, explicou a substituição contra o Santo André.

Gustavo Scarpa saiu já preparado para a Libertadores. Da mesma maneira que Gabriel Menino vem sendo trabalhado para também ajudar na luta do bicampeonato da América. Este como uma opção dinâmica. “Ele é daqueles jogadores curingas. É volante de origem, mas já jogou em várias posições. Precisamos dele aberto (contra o Santo André) e ele teve um desempenho positivo. É onde precisamos e onde ele tem que estar preparado”, completou João Martins.



Fonte Notícia

Please follow and like us: