Matrículas na 2ª chamada estão abertas; veja como fazer

[ad_1]

Interessados têm até 24 de fevereiro para se inscrever na seleção.

As matrículas utilizando o ProUni para aqueles que foram convocados na segunda chamada iniciaram no dia 8 de fevereiro e encerram no dia 24. Após esse prazo, as vagas do ProUni 2021 não preenchidas serão destinadas à lista de espera.

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas parciais e integrais para estudantes brasileiros que queiram cursar o ensino superior em instituições particulares. Para participar, é preciso ter feito o Enem, atingido no mínimo 450 pontos no exame e não ter zerado a redação, ter renda familiar entre 1,5 e 3 salários mínimos por pessoa. Também, ter estudado o ensino médio em escola pública ou como bolsista na particular e não possuir diploma de nível superior.

Confira quais são os documentos necessários:

  • Documento de identificação do candidato e de todos do grupo familiar. São aceitos RG, CNH, Carteira Funcional, Registro de Estrangeiros, Passaporte, entre outros
  • Comprovante de residência – conta de água, luz, boleto, contrato de aluguel, entre outros poderão ser usados. O documento deve ser atual e estar em nome do estudante ou de um dos membros do grupo familiar
  • Comprovante de rendimentos do grupo familiar – são aceitos contracheques, declaração de imposto de renda, extrato da conta bancárias e mais. Todas as pessoas listadas como membros do grupo familiar deverão ter a documentação registrada
  • Comprovante de conclusão do ensino médio, como certificado de conclusão e comprovante da condição de bolsista no ensino médio
  • Documento que comprove o trabalho na educação básica pública (apenas para os professores inscritos)
  • Documento que comprove a deficiência, e, quando for o caso, laudo médico especificando a condição e o grau dela

ProUni 2021

Para o ano de 2021, o Programa Universidade Para Todos disponibilizou mais de 162 mil bolsas de estudos em 13.177 cursos superiores. O programa também abrange a modalidade de educação à distância, com 52.839 bolsas. Por todo o país, 1.031 universidades privadas participam do programa.

Leia também: Sisu 2021 – MEC divulga calendário referente ao Enem 2020

(function () {

function appendFbScript() {
var js, id = ‘facebook-jssdk’,
fjs = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];

if (document.getElementById(id)) return;
js = document.createElement(‘script’);
js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&appId=1722343101330210&version=v2.0”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);

window.fbAsyncInit = function () {
FB.init({
appId: ‘1722343101330210’,
xfbml: true,
version: ‘v2.0’
});
FB.Event.subscribe(‘comment.create’, function (comment_data) {
console.log(comment_data);
update_comments_count();
});
FB.Event.subscribe(‘comment.remove’, function (comment_data) {
update_comments_count();
});

function update_comments_count(comment_data, comment_action) {
jQuery.ajax({
type: ‘GET’,
dataType: ‘json’,
url: ‘https://escolaeducacao.com.br/wp-admin/admin-ajax.php’,
data: {
action: ‘clear_better_facebook_comments’,
post_id: ‘87668’
},
success: function (data) {
// todo sync comments count here! data have the counts
},
error: function (i, b) {
// todo
}
}
)
};
};

appendFbScript();
}

appendFbScript();

})();


[ad_2]

Fonte Notícia