juros podem aumentar sem acordo com Guedes e alta na Selic



O projeto de lei do Congresso Nacional 4 de 2021 (PLN 4/2021) ainda não foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. Porém, segundo o diretor de Crédito e Informação do Ministério da Agricultura, Wilson Vaz, em reunião com a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), a medida deve ser sancionada até esta quinta-feira, 10, liberando recursos para equalização do Plano Safra 2021/22.

O comentarista Glauber Silveira lembra que o Plano Safra tem sido lançado com com atraso pelo governo Bolsonaro e, caso não ocorram acordos, é provável que a taxa de juros suba neste ano. “O tão esperado Plano Safra talvez venha a ser anunciado dia 18 a 22, já que o PLN 4 foi para sanção do presidente e dia 17 foi marcada reunião com o Conselho Monetário Nacional para ditar as regras”, disse.

Segundo Glauber, Wilson Vaz disse que o recurso que foi aprovado para subvenção é de R$ 11,5 bilhões, o que não é suficiente para que seja atendida a mesma área agrícola da safra anterior.  “Seria preciso R$ 13,4 bilhões para isso”, disse.

Segundo o comentarista, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, está tentando conseguir R$ 15 bilhões, pmapa . Mas o ministro da Economia, Paulo Guedes, estaria evitando a ministra.

“Podemos esperar o plano safra com taxa de juros maior, já que a Selic estava em 2,5% na safra anterior e agora está em torno de 5%.  Estão se falando, para o plano safra, em 3%, mas acredito que o governo não terá coragem de fazer isso, ficando em 1,5%”, concluiu.



Fonte Notícia

Please follow and like us: