Grávidas e recém-nascidos esperam leitos em corredor de hospital no Recife

[ad_1]

A superlotação do Hospital Agamenon Magalhães, no Recife (PE), enfrenta problemas para conseguir leitos devido à pandemia.

Por: Aline Bueno Silvestre | 15 março – 21:56

Com superlotação pela demanda da pandemia da COVID-19, o Hospital Agamenon Magalhães, na zona norte de Recife, sofre com falta de leitos.

Acompanhantes relataram que diversos pacientes esperam leitos livres nos corredores do hospital. Entre eles, grávidas e recém-nascidos.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

No domingo (14), a situação foi caótica, segundo acompanhantes que estavam no hospital. Segundo eles, o controle de acesso do hospital não mede temperatura de quem entra, não tem controle de higiene e não recomendam o uso de álcool gel. Essas são medidas fundamentais para controlar a pandemia.

Por uma nota, a gestão do Hospital reconheceu a demanda e relatou que o excesso é causado pela retração de outras unidades que atendiam pacientes de COVID-19. Eles dizem que vem adotando medidas na maternidade para conter a situação.

No último boletim informativo divulgado sobre os casos no estado, Pernambuco totalizava 317.528 casos de COVID-19 e 11.383 mortes.

LEIA MAIS: 

Quarentena decretada em todo o estado de Pernambuco

Ocupação de UTI chega a 88,59% na capital paulista

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

[ad_2]

Fonte Notícia