Governador se reúne com ministro por solução para conflito indígena
Por Redação Publicado 14 de julho de 2015 às 09:06hs
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado/Arquivo

Deputados e senadores cobraram encontro depois de negociação não avançar

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se reúne, nesta terça-feira (14), com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em Brasília (DF). A agenda, prevista para às 14h, foi intermediada por deputados e senadores sul-mato-grossenses que buscam solução diante do impasse por terras entre indígenas e produtores rurais que não teve avanço.

No início do mês, reuniões sobre o mesmo tema foram realizadas na Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul (Assomasul) e na Assembleia Legislativa. Houve baixa participação de indígenas em ambos os casos e consenso de que somente a “pressão política” ao governo federal pode solucionar a demanda por demarcações e indenizações.

Em junho, o ministro José Eduardo Cardozo negou que as demarcações tenham sido paralisadas. “Estamos tentando mediar os conflitos. O radicalismo de um lado ou de outro motiva o acirramento dos conflitos. E então, só com mediação, verificando a possibilidade de contemplar o direito de todos os envolvidos”, justificou à Agência Brasil.

Senadores sul-mato-grossenses, Waldemir Moka e Simone Tebet (PMDB) integram parte da bancada federal que defende a aprovação de Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Esta permite a indenização de possuidores de títulos relativos a terras declaradas como indígenas expedidos até o dia 5 de outubro de 1988. Votação da proposta estaria prevista para esta semana.

Fonte:Correio do Estado