F1 – Entenda a relação potência x downforce em pistas como a do Bahrain

[ad_1]

Carlos Sainz – Ferrari 2021

A primeira corrida da temporada de 2021 da F1 verá dois fabricantes – Honda e Ferrari – colocarem seus novos motores para trabalhar durante uma corrida pela primeira vez esta noite no Bahrain.

Embora a pista de Sakhir não seja um circuito de potência propriamente dito, ela apresenta algumas retas decentes onde o torque e a potência podem oferecer uma vantagem.

Portanto, a Honda e a Ferrari progrediram significativamente desde sua última visita ao Bahrain em novembro de 2020, com base nas leituras de velocidade máxima da classificação?

É uma imagem obscura, na melhor das hipóteses, infelizmente.

Sebastian Vettel, da Aston Martin, alcançou a velocidade em linha reta mais rápida, o AMR21 com motor Mercedes ultrapassando o Haas de Nikita Mazepin com motor Ferrari. No entanto, os níveis de downforce obviamente desempenharam um papel fundamental no desempenho de ambos os pilotos, mais do que a própria potência bruta.

Mesmo assim, a velocidade de 323,1 kph de Vettel foi 5 kph mais lenta do que a velocidade máxima do ano passado, alcançada por Daniel Ricciardo da Renault.

Os primeiros colocados na classificação – Verstappen, Hamilton e Bottas – estavam todos dentro de faixas de velocidade máxima semelhantes, embora posicionados na camada inferior das leituras, confirmando a preponderância em Sakhir de aerodinâmica e equilíbrio sobre a potência pura do motor, o que acontece na grande maioria dos circuitos.

Apesar da Ferrari alegar ter dado um passo à frente com sua unidade de potência, Charles Leclerc e Carlos Sainz, que se classificaram em P4 e P8 respectivamente, estavam entre os mais lentos em uma linha reta na classificação e quase 10 kph mais lento do que a velocidade máxima de Leclerc em Sakhir em 2020.

Isso mostra a importância do torque da UP, ou seja, o quão rápido ela chega em sua velocidade máxima. Com um bom torque, o carro pode ser acertado com mais downforce, o que o ajuda nas freadas, contorno de curva nos primeiros dois terços das retas. Isso supera em muito um carro com grande velocidade máxima, mas com pouco downforce

A conclusão que se pode tirar dos números abaixo é que o melhor desempenho geral no Bahrain – como na grande maioria das pistas – está no pacote geral de aero / motor mais eficiente.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);


[ad_2]

Fonte Notícia