Entenda como usar as máscaras PFF2 e N95

[ad_1]

Especialistas recomendam o uso de máscaras profissionais contra covid-19

Por: Bianca Antunes | 13 março – 14:18

Por conta do aumento do número de mortes e internações causados pelo covid-19 no Brasil, os cuidados que já conhecemos precisaram ser redobrados. Assim, especialistas reforçam a importância do uso de máscaras profissionais, como as de padrão N95 (nos Estados Unidos) ou PFF2 (nomenclatura brasileira).

Há um motivo para que as principais autoridades de saúde no mundo recomendem o uso universal dessas máscaras: a proteção contra novas variantes. Máscaras de uso profissional garantem um maior grau de proteção contra a inalação de vírus, filtrando cerca de 99% das gotículas.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

LEIA MAIS NOTÍCIAS

SP confirmou 1 óbito a cada 3 minutos nas últimas 24h por Covid-19

Brasil tem 3º dia com mais de 2.000 mortes por covid em 24h

Apesar de serem descritas como descartáveis, por conta do momento atual em que vivemos, é indicada a reutilização, desde que seja mantido um intervalo de três dias para um próximo uso. Infectologistas ainda reforçam que o ideal é que se tenha mais de uma máscara em caso de uso constantes.

Os especialistas da área recomendam principalmente como uma opção para os grupos de riscos e exposições de maior risco, como em transportes públicos e aviões, por exemplo.

Máscaras em aviões e aeroportos

A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou regras mais rígidas para o uso de máscaras em aeronaves e áreas de embarque em aeroportos.

A regra proíbe o uso de alguns tipos de máscaras:

  •  De acrílico ou de plástico;
  • Máscaras PFF2 (também conhecidas como N95) que contenham válvulas;
  • Lenços e bandanas;
  • Face shield isolado
  • Máscaras com só uma camada (como as de crochê).

*Informação da Folha de S. Paulo.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

[ad_2]

Fonte Notícia