Cresce o número de tuítes relacionando tucanos e golpe
Por Redação Publicado 11 de julho de 2015 às 01:35hs
Twitter(Dado Ruvic/Reuters)

Segundo a agência Medialogue, menções se concentram nos últimos sete dias

Desde a convenção do PSDB do último domingo, o partido endureceu seu discurso contra o governo Dilma Rousseff. Os tucanos questionaram a permanência da presidente no cargo e chegaram a propor a realização de novas eleições. A postura tem sido acompanhada de uma vacina: as insistentes afirmações de que o partido está, acima de tudo, comprometido com a democracia e os princípios da Constituição. Líderes da sigla temem que, ao defender abertamente a saída da presidente, eles sejam taxados de golpistas por governistas e militantes petistas.

O receio faz sentido. Segundo levantamento da agência especializada em comunicação digital Medialogue, nos últimos trinta dias houve 6.000 tweets relacionando o PSDB às palavras golpe, golpismo e golpista. Desse total, 88% ocorreram nos últimos sete dias. Já a relação do nome de Aécio Neves às mesmas palavras originou 7.650 tweets desde o mês passado, e 68% deles se concentraram apenas na última semana.

O levantamento não distingue o contexto das menções e contabiliza tanto as que foram feitas por defensores do governo atacando o PSDB quanto as que os tucanos fizeram para se defender.

Fonte: Veja