Cotada para substituir Pazuello, Ludhmila Hajjar se encontra com Bolsonaro

[ad_1]

A médica foi até Brasília para se reunir com o presidente

Por: Bianca Antunes | 14 março – 17:29

A médica cardiologista Ludhmila Hajjar é favorita para assumir o Ministério da Saúde no lugar do atual ministro, Eduardo Pazuello, que teria pedido para deixar a pasta por problemas de saúde.

A saída do ministro ainda não foi oficializada, mas a médica já se encontra em Brasília desde a manhã deste domingo (14) para se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Pazuello alega problemas de saúde e pede para deixar ministério

Pazuello segue no comando da pasta “até o presente momento”, diz Ministério da Saúde

Ludhmila é rondada desde o ano passado, porém viu seu nome ganhando força entre ontem e hoje com o apoio do centrão e de Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara. Durante a pandemia, a cardiologista atendeu várias figuras políticas, como Rodrigo Maia (DEM-RJ), ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e até o próprio Lira.

Outros nomes para o Ministério da Saúde

Alguns outros profissionais também estão sendo cotados para o cargo, como o cardiologista Marcelo Queiroga, que também foi chamado para conversar. Queiroga é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Além dele, o deputado federal Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ), conhecido como “Dr. Luizinho”, também teve seu nome citado e tem chances de ser escolhido. O deputado também é médico e foi secretário da Saúde do Rio de Janeiro.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

[ad_2]

Fonte Notícia