Coronavac: Estudo aponta eficácia do imunizante contra variante brasileira


A efetividade da vacina foi confirmada 14 dias após a primeira dose

Por: Caroline Ripani | 07 abril – 12:48

A Coronavac, imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac, demonstrou ter 50% de eficácia contra a P.1, variante brasileira do novo coronavírus descoberta em Manaus.

Segundo estudo realizado pelo grupo Vebra Covid-19, que envolve pesquisadores internacionais e nacionais, além de servidores de saúde do Amazonas e de São Paulo, a efetividade da vacina foi confirmada 14 dias após a primeira dose.

Foto: Agência Brasil/Divulgação

De acordo com Julio Croda, médico infectologista responsável pela pesquisa, foi analisado o impacto do imunizante em profissionais da saúde que foram diagnosticados com a covid-19.

“A gente verificou quem desses [profissionais] tinha tido a doença e foi checar se ele tomou a vacina. E a partir desses dados a gente conseguiu calcular a efetividade da vacina, que é a eficácia na vida real, no mundo real”, disse.

Os dados acerca da efetividade das duas doses da vacina ainda estão sendo coletados. O grupo Vedra Covid-19 pretende expandir os testes da Coronavac, e do imunizante da AstraZeneca, em idosos nas cidades de Manaus, Campo Grande, São Paulo, e no estado de São Paulo.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Instituto Butantan entrega mais 1 milhão de vacinas à Saúde; total passa dos 38 milhões

Fiocruz produz 900 mil doses por dia de vacina contra covid-19

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: