Congresso recebe carta de oito organizações pedindo compromisso com a liberdade de imprensa


Nesta quarta-feira (7), Dia do Jornalista, oito organizações enviaram uma carta aberta aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), pedindo o  compromisso do Congresso com a liberdade de imprensa.

“O Brasil vive um cenário preocupante de crescentes ameaças à liberdade de imprensa. Dificuldade de acesso a dados públicos, censura judicial, remoção de conteúdo, ameaças e agressões físicas, campanhas difamatórias e assédio online são elementos que compõem o cenário. Some-se a isso a impunidade em crimes cometidos contra jornalistas”, cita a carta.

Bolsonaro é condenado por danos morais contra jornalista

Presidente Jair Bolsonaro fala com jornalistas; Foto: Agência Brasil/Divulgação

A carta ainda traz fatos e números que comprovem as ameaças à imprensa. O documento é assinado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Artigo 19, Conectas Direitos Humanos, Intervozes, Federação Nacional dos Jornalistas, Instituto Vladimir Herzog, Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) e Repórteres sem Fronteiras (RSF).

Ataques a jornalistas crescem 168% em 2020, segundo relatório

A carta foi tema de reunião também nesta quarta-feira (7) entre Pacheco e representantes das organizações que enviaram a carta. As entidades se demonstraram preocupadas com alguns projetos que tramitam no Congresso e que propõem restringir a liberdade de imprensa e o trabalho dos jornalistas.

“A postura abertamente hostil ao trabalho da imprensa adotada por autoridades, em especial federais, viola sistematicamente esses compromissos e contribui para a impunidade. A Repórteres sem Fronteiras (RSF) listou ao menos 580 episódios de ataques à imprensa em declarações oficiais do alto escalão do poder público, entre ministros, parlamentares e o próprio presidente da República, apenas no ano de 2020”, diz outro trecho.

O que é a liberdade de imprensa?

Liberdade de imprensa é o direito de um indivíduo de publicar e dispor de acesso a informação, através de meios de comunicação em massa, sem interferência do estado. Ela é garantida pelo governo através de lei.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Ministro Gilmar Mendes vota contra liberação de cultos presenciais e STF adia julgamento

Decisões que autorizaram entidades a importar vacinas sem doação ao SUS são suspensas

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: