Como preparar o meu computador para receber o Windows 10; veja dicas
Por Redação Publicado 11 de julho de 2015 às 03:26hs
Veja dicas preciosas para preparar seu computador antes de receber o Windows 10 (Reprodução/YouTube)

O Windows 10 terá o lançamento oficial no dia 29 de julho. Faltando poucos dias, os usuários estão se preparando para atualizar para o novo sistema operacional da Microsoft. Porém, antes de se aventurar na instalação é preciso tomar alguns cuidados e checar algumas informações. Isso é necessário para que você não corra riscos ou perca seus dados. Saiba como deixar tudo pronto para o Windows 10.

1) Verifique se o seu hardware aguenta o sistema

Se você está interessado em instalar o Windows 10, a primeira coisa a fazer é verificar se seu PC possui o hardware mínimo recomendado pela Microsoft. Atualmente, a configuração exigida é:

Processador: de 1 GHz ou mais rápido ou SoC;

RAM: 1 gigabyte (GB) para a versão de 32 bits ou 2 GB para a de 64 bits;

Espaço em disco: 16 GB para a versão de 32 bits e 20 GB para a de 64 bits;

Placa gráfica: DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0;

Tela: 1024 x 600 pixels de resolução.

É bom lembrar que as informações acima são uma recomendação mínima. Para usufruir de todos os recursos, o ideal é usar um hardware um pouco acima das indicações, de fabricação mais recente.

Felizmente, a configuração mínima não é muito exigente. Na verdade, tirando a parte de armazenamento, ela é quase idêntica à do Windows 7, versão anterior ao polêmico Windows 8.
Mesmo que seu computador tenha alguns anos e não possua a quantidade de armazenamento exigida você poderá executar o sistema, mas infelizmente, você poderá encontrar problemas.

O espaço no disco rígido pode ser ampliado e as placas gráficas podem ser atualizadas. Um detalhe importante é que se você tem mais de um problema provavelmente terá que substituir o seu PC por um equipamento mais recente, pois será bem mais barato fazer isso do que atualizar uma máquina antiga.

2) Verifique se o seu software suporta a atualização

Se o seu hardware suporta o novo sistema operacional e você vai apenas instalar o pacote no seu computador, tudo se resume a simplesmente a executar o instalador e pronto. Porém, se você vai atualizar o sistema atual, também é preciso verificar a compatibilidade dos programas já instalados.

Segundo a Microsoft, para poder atualizar para o Windows 10, o computador precisa estar executando no mínimo o Windows 7 SP1 ou o Windows 8.1 Update (quem está no Windows 8, precisa atualizar para o 8.1). Portanto, se seu PC ainda não está em uma dessas versões, fique em dia antes de migrar.

Não sabe qual versão você está executando? digite “winver” (sem as aspas) na opção “Executar”.

Verificando a versão do Windows com o comando winver (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

3) Use o app de verificação da Microsoft

Após a atualização, os apps presentes no computador permanecerão. No entanto, alguns sofrerão modificações ou serão completamente removidos. Isso pode acontecer, por exemplo, com os softwares de outros fabricantes, como reprodutores de mídia e programas de backup que possam ter vindo junto com o Windows original que não estão adaptados para o novo Windows 10.

Para não ter problemas de compatibilidade com seus atuais aplicativos, você pode usar o app “Obter o Windows 10? (Get Windows 10) e verificar a compatibilidade de alguns deles antes da atualização.

Se o seu computador ou tablet executa atualmente o Windows 7 SP1 ou o Windows 8.1 Update, você pode verificar se ele atende aos requisitos usando ‘Verificar meu computador’ no aplicativo Obter o Windows 10. Este app já deve ter já aparecido em sua área de notificação no canto inferior direito da tela do seu desktop — você só precisa clicar para baixar e começar a usar.

4) Atualize o firmware do equipamento

Reserve um tempo para verificar se existe alguma atualização de firmware para o seu PC que possa ser essencial para a atualização do Windows 10. Geralmente, baixar o aplicativo e atualizar seus drivers a partir do site do fabricante já resolve isso, mas em algumas circunstâncias você precisa ir além e fazer atualizações de software do hardware.

Se você está planejando fazer a atualização para o Windows 10 em outros dispositivos, como o tabletSurface 3, também precisará fazer uma atualização de firmware para se preparar para isso. Por fim, ainda que seja muito tentador pular essa etapa tão delicada, não faça isso.

Firmware: o que é e como atualizar?

5) Use um instalação rápida do Windows 10 Preview 

Se você quiser experimentar um pouco o Windows 10, baixar o Windows 10 Preview é uma boa ideia. O Preview está disponível para Windows Insiders e com ele é possível executar uma versão do Windows 10 em um sistema operacional mais antigo (use uma máquina virtual). Assim, quando você estiver pronto para encarar o novo sistema, volte para o sistema operacional original a faça a atualização.

6) Desinstale, desative ou prepare seus programas de segurança

Enquanto você está entusiasmado aguardando para fazer o download da atualização do Windows 10, seu software de segurança talvez não se comporte tão amigavelmente. Quando digo softwares de segurança, isso inclui firewalls, antivírus e qualquer outra coisa que você use para monitorar seu PC.

Na verdade, esses programas poderão até surtar se perceberem que algo está tentando derrubar todo o sistema operacional. Com isso, eles poderão parar o download da atualização ou causar problemas piores.

A solução? Quando chegar o dia da atualização, desinstale todos os softwares de segurança, atualize, inicie pelo novo Windows e reinstale o software de sua escolha. Embora isso pareça trabalhoso e desnecessário, essa é realmente a maneira mais fácil para garantir que a atualização seja feita sem maiores problemas.

Se você realmente não quiser desinstalar o software (ou não tem certeza de como se faz isso), pelo menos desative todos os firewalls e verifique que seu sistema de segurança deixará a atualização do Windows 10 acontecer normalmente, sem atrapalhar.

7) Faça backup de seus dados

Como qualquer atualização, sempre há uma chance de algo dar errado e com certeza você não quer terminar com um PC cheio de dados corrompidos ou apagados. Por isso, antes de começar a atualizar, salve todos os seus dados com um backup completo – em disco físico, nuvem, HD externo ou outra opção.

As primeiras versões do Windows (7 e 8.1) vem com uma ferramenta que permite criar uma imagem do sistema, que serve exatamente para essa situação. Acesse o painel de controle e em “Sistemas e segurança”, acesse a opção “Fazer backup do computador”. Dentro do programa, escolha a opção “Criar uma imagem do sistema” e ele irá copiar tudo no disco rígido. Com isso, se algo der errado, você pode retornar exatamente onde tudo começou e resgatar todos os seu arquivos.

Criando uma imagem do sistema no Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Se preferir, você pode usar esse tutorial do TechTudo para saber como fazer um backup automático do PC com Windows para um HD externo.

8) Desligue seus periféricos

Como sempre, é melhor prevenir do que remediar. Para não arriscar problemas durante a atualização, desligue todos os seus periféricos desnecessários. Claro, você não precisa desconectar o mouse do PC, mas se você tem um monte de dispositivos conectados, como discos rígidos externos e outros enfeites, desligue e desconecte todos eles antes de prosseguir.

Isso ajuda a garantir uma atualização mais suave. Depois de instalar o Windows 10, basta conectá-los um de cada vez e ver se eles precisam ser atualizados ou reformatados.

9) Conecte o PC a uma boa fonte de energia

Para não ter dor de cabeça, o ideal é que durante a atualização seu computador permaneça conectado a uma boa fonte de energia, preferencialmente, um no-break. Se isso não for possível, tenha certeza de estar fazendo o procedimento em um horário que não corre o risco de acontecer alguma falta de energia em sua região, de sua conexão de Internet ficar offline ou da bateria do notebook acabar.

Ainda que isso seja opcional e o instalador consiga contornar falhas e retomar a atualização, todo esse cuidado é necessário, pois o melhor a fazer é evitar esse tipo de situação.

10) Saiba mais sobre os novos recursos

O Windows 10 vem com muitos recursos e tecnologias novas. Por exemplo, a assistente de voz Cortana agora está escutando comandos, o Microsoft Edge é o browser padrão, o menu iniciar tem um novo foco e várias outras novidades. Resumindo, tem muita coisa para ser vista. Por isso, enquanto o sistema faz o download da atualização, aproveite o tempo para revisar os novos recursos do Windows.

Todos os itens acima são o mínimo necessário para fazer uma atualização tranquila. Para verificar a fundo todos os detalhes de compatibilidade do novo Windows com o seu computador atual, visite o site oficial da Microsoft (microsoft.com/pt-br/windows/windows-10-specifications).

Fonte: Tectudo