Com quase 4 mil óbitos, MS tem o pior cenário da doença até agora – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

[ad_1]


O Secretário de Governo Sérgio Murilo, abriu a live desta quarta-feira, dia 24, para anunciar os dados da atualização do Programa Prosseguir. Segundo ele Mato Grosso do Sul tem 4 municípios no grau de risco extremo e outros 48 em risco elevado para a Covid-19.  Segundo ele é, de longe, o pior cenário desde o início da pandemia, revela o boletim extraordinário do Prosseguir.

Os municípios com pior classificação, representados pela bandeira da cor cinza são: Campo Grande, Aral Moreira, Bela Vista e Costa Rica.

Já o boletim epidemiológico trouxe a confirmação de mais 20 novos óbitos em apenas 24 horas. Totalizando 3.915 mortes em Mato Grosso do Sul desde o início da pandemia. Média móvel de 29,4 mortes por dia.

Na Capital, Campo Grande, foram registrados nove óbitos. Brasilândia e Dois Irmãos do Buriti com dois óbitos cada. Já Três Lagoas, Tacuru, Cassilândia, Mundo Novo, Costa Rica, Rio Brilhante e Nova Andradina registraram um óbito cada.

Os casos novos são 1.616, totalizando 205.712 casos confirmados de coronavírus. Uma média móvel de 1.167 casos ao dia. 12.890 estão infectados, e em isolamento domiciliar. 1.092 pessoas estão internadas. 613 ocupam leitos clínicos e outros 479, já ocupam leitos de UTI.

Ainda de acordo com o boletim, hoje 178 pessoas em todo o Estado, aguardam na fila por um leito. Na macrorregião de Campo Grande 110% dos leitos já estão ocupados, na macrorregião de Dourados 91%, macrorregião de Três Lagoas 96% de ocupação e macrorregião de Corumbá 100% dos leitos destinados ao tratamento da Covid-19 já estão ocupados.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

[ad_2]

Fonte Notícia