Cobrança de royaltes da soja não é bom nem para produtor e nem para empresas



Um novo sistema de cobrança de royalties na soja, que está sendo estudo pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), está provocando contestações do setor produtivo brasileiro. A Aprosoja se mostrou contrária à medida e disse que ela pode prejudicar a competitividade do setor.

Para o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, o sistema ainda precisa ser melhor debatido com o setor agropecuário antes de ser implementado. “Ao invés de se criar uma norma colocando 240 mil produtores em uma norma rígida, seria conveniente que houvesse um entendimento maior com as entidades e chegassem a um consenso de como se fazer isso. Nesse momento, isso não é bom para as empresas e nem para os produtores”, afirma.

Segundo o comentarista, é preciso acertar os mecanismos que venham auxiliar o produtor. “Conversei com alguns produtores que me contaram que há uma grande preocupação com esse mecanismo. Eles alegam dificuldade para usar as sementes que já tem royaltes junto com outras que não tem e são cobrados pelas duas”, diz.

 

 



Fonte Notícia

Please follow and like us: