Capital poderá ter mais 40 leitos de UTI-Covid instalados na Santa Casa – Portal do Governo de Mato Grosso do Sul


Caso a modalidade prevista funcione adequadamente na Capital, empresa poderá ser contratada para implantar leitos de UTI em outras cidades de Mato Grosso do Sul que também registram aumento de pacientes graves de Covid-19

Um trabalho conjunto entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) e Santa Casa de Campo Grande, poderá resultar na oferta de até 40 novos leitos de UTI-Covid na Capital, a serem instalados num prazo de 7 a 10 dias.

Os entendimentos estão sendo feitos com uma empresa que presta serviço semelhante a municípios dos estados de Goiás, Mato Grosso e Tocantins e poderá ser contratada em parceria, com custeio partilhado pelo Estado e Município de Campo Grande. O objetivo é reduzir a fila de espera, que nesta sexta-feira (11) chega a 160 pacientes aguardando uma vaga em leitos de UTI na Central de Regulação da Capital.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, caso a modalidade funcione adequadamente na Capital, a mesma empresa poderá ser contratada para ofertar leitos de UTI em outras cidades de Mato Grosso do Sul, que também registram aumento de pacientes graves de Covid-19, como Amambai, São Gabriel do Oeste e Maracaju.

As negociações levam em conta a expertise da empresa que está sendo contatada, já que a mesma se compromete a instalar os leitos em curto espaço de tempo, possui todos os equipamentos necessários para a implantação dos leitos e se responsabiliza pelos medicamentos necessários como antibióticos e componentes do chamado “kit intubação”, bem como pela contratação dos profissionais para cuidarem dos pacientes.

Ricardo Minella, SES

Foto: Chico Ribeiro/Arquivo

 



Fonte Notícia

Please follow and like us: