Brasileiros descobrem novo planeta semelhante a Júpiter
Por Redação Publicado 15 de julho de 2015 às 11:44hs

Cientistas brasileiros lideram a descoberta de um novo planeta com massa semelhante à de Júpiter e que orbita uma estrela que tem características similares às do Sol.
O achado ocorreu graças ao instrumento Harps do telescópio 3p6 do Observatório Europeu Sul, o ESO, instalado no Chile. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15).

Segundo um comunicado do ESO, o exoplaneta orbita a estrela HIP 11915, e sua posição nesse sistema é praticamente a mesma de Júpiter, abrindo a possibilidade de que a região em torno dessa estrela seja parecida com o Sistema Solar.

Isso porque o desenvolvimento de vida na Terra foi possível graças à presença de Júpiter e de sua influência gravitacional exercida no Sistema Solar durante a fase de sua formação.

O comunicado afirma que “tal fato leva os cientistas a crer que encontrarmos um planeta gêmeo de Júpiter é um marco importante na busca de um sistema planetário que seja semelhante ao nosso”

O professor Jorge Melendez, da Universidade de São Paulo (USP), foi quem liderou a equipe e é coautor do artigo científico que descreve os resultados.

Segundo ele, “a procura de uma Terra 2.0 e de um Sistema Solar 2.0 completo é um dos esforços mais excitantes da astronomia”. Ainda são necessárias observações para confirmar e delimitar a descoberta, mas, de acordo com o ESO, a estrela HIP 11915 é, até agora, uma das mais promissoras candidatas a abrigar um sistema planetário semelhante ao nosso.

A busca de planetas similares à Terra ou do nosso Sistema Solar é uma das maiores aventuras na pesquisa espacial. Embora já tenham sido detectadas centenas de planetas do tamanho do nosso e outros menores ou maiores, eles circulam em órbitas próximas demais de suas estrelas para que haja água líquida em sua superfície.

Concepção artística do recentemente descoberto planeta gigante gasoso gêmeo de Júpiter em órbita de uma estrela gêmea do Sol, HIP 11915 (Foto: ESO/M. Kornmesser)Concepção artística do recentemente descoberto planeta gigante gasoso gêmeo de Júpiter em órbita de uma estrela gêmea do Sol, HIP 11915 (Foto: ESO/M. Kornmesser)
Fonte: Eduardo Carvalho Do G1, em São Paulo