Após decreto da fase emergencial, SP regristra 17% de queda nos alertas de trânsito


Entre o meio de março e começo de abril, foram feitos 4.149 alertas nas vias da capital paulista

Por: Leonardo Fernandes | 07 abril – 08:10

A cidade de São Paulo registrou entre os dias 15 de março e 5 de abril uma queda de 17% nos alertas de congestionamentos no trânsito. O período analisado engloba a chamada fase emergencial, estabelecida pelo governo estadual para conter a proliferação da covid-19. Nesta fase, os veículos sofrem uma moderação no tráfego.

A capital voltou para a fase roxa no início de março, e desde então foram registrados 137.921 alertas. Dos dias 6 a 14 de março, houve uma média de 5.008 alertas; e entre 15 de março e 5 de abril, 4.149.

Tráfego menor na fase emergencial é em decorrência das medidas restritivas para barrar o coronavírus. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na fase roxa, atividades esportivas coletivas e celebrações religiosas estão suspensas, assim como os serviços não essenciais. Junto com o estabelecimento do home office para empresas do setor não essencial, e o fechamento temporário de lojas, em torno de 4 milhões de pessoas pararam de circular no município.

A fase emergencial vai até o dia 11 de abril. Com registro e 1.389 mortes na terça-feira (6), e média de mais de 90% nas internações nas alas de UTIs, o governo ainda decidirá acerca da flexibilização das restrições diante da pandemia.

*Com informações do G1 São Paulo

Leia mais notícias:

Campanha de vacinação em massa na cidade de Serrana diminui casos graves da Covid-19

Altas médicas passam número de internações em SP pela primeira vez em 50 dias

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: