‘A questão é: eles vão cumprir?’ diz secretário dos EUA sobre discurso de Bolsonaro na Cúpula do Clima


O enviado especial dos Estados Unidos, John Kerry, disse que os comentários do presidente do Brasil ‘surpreenderam’

Por: Aline Bueno Silvestre | 22 abril – 22:34

O secretário especial dos Estados Unidos, John Kerry, duvidou do discurso de Jair Bolsonaro (sem partido), presidente do Brasil, na Cúpula dos Líderes sobre o Clima nesta quinta-feira (22).

“Alguns dos comentários que o presidente Bolsonaro fez hoje me surpreenderam por seu – você sabe – e isso é muito bom, vai funcionar se essas coisas forem feitas. A questão é: eles vão cumprir? A questão é: como será feito e de que forma?”, questionou.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Kerry foi o enviado especial para tratar questões sobre o clima. A resposta foi dada após jornalistas questionarem sobre como Bolsonaro e Vladimir Putin, presidente russo, falaram do histórico de emissões, com números mais baixos que nos Estados Unidos.

Joe Biden (Partido Democrata), presidente dos Estados Unidos, afirmou que tem o plano de cortar as emissões dos gases estufa em 50% no país até 2030.

Já em seu discurso, Jair Bolsonaro afirmou que vai reduzir as emissões de carbono do Brasil em 40%. Em uma carta enviada para Biden antes da Cúpula sobre o clima, o presidente afirmou que iria acabar com o desmatamento ilegal até 2030.

No entanto, o discurso de Bolsonaro gerou comentários entre os parlamentares. Leia a matéria completa.

O encontro virtual da Cúpula dos Líderes sobre o Clima, organizada por Biden, tem continuidade na sexta-feira (23).

*Com informações do G1.

LEIA MAIS:

Bolsonaro deve discursar através da cartilha de Salles na Cúpula de Líderes sobre o Clima

Cúpula do Clima: Xi Jinping menciona redução de carbono na China em plano governamental

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:



Fonte Notícia

Please follow and like us: