Jovens com deficiência recebem certificados de curso da Subsecretaria de Juventude
Por Redação Publicado 28 de fevereiro de 2018 às 10:12hs

Na tarde desta terça-feira (27), cerca de 70 jovens e adultos com deficiência física ou intelectual receberam os certificados de conclusão do Curso de Capacitação Profissional, promovido pela Subsecretaria de Políticas para a Juventude (Subjuv), da Prefeitura Municipal de Campo Grande, em parceria com o Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas (Ismac). Os documentos foram entregues em dois formatos: um normal e outro em braile.

O evento ocorreu no auditório da instituição de utilidade pública e contou com a participação de estudantes do Ismac, da Associação Juliano Varela (portadores de síndrome de down) e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE – portadores de deficiência intelectual).

As palestras, dinâmicas e oficinas aconteceram entre os dias 19 e 23 de fevereiro e o curso teve a participação de empresários, palestrantes e representantes de organizações que, com técnicas de coach, apresentaram noções de marketing pessoal, comportamento organizacional, empreendedorismo, dicção e oratória, igualdade de gênero no mercado de trabalho, bullying positivo, motivação e liderança.

A realização do curso para essa parcela da população tem como objetivo implantar um sentimento de confiança e mostrar para os jovens que possuem alguma deficiência que eles também podem conquistar os objetivos e participarem do mercado de trabalho.

“Precisamos fazer em Campo Grande uma cultura de inclusão e valorizar os jovens com deficiência. Superar todos os desafios que esses jovens encontram no dia a dia já os torna maiores”, destacou o subsecretário de Políticas para a Juventude, Maicon Nogueira.

Essa foi a primeira vez que a Subjuv e o Ismac firmaram uma parceria para levar esse curso para os jovens com deficiência. O órgão governamental e a instituição estão buscando caminhos para desenvolver e implantar programas que promovam a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho, aproximando empresas, entidades e gestores públicos.

“As vagas existem, mas é preciso que todos participem mais para que possamos realizar essa inclusão”, destacou a vice-prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes.

Programa Ágora

Durante o evento, também foi realizado o termo de adesão do Ismac ao programa Ágora Brasil, criando a Regional Centro-Oeste, que tem como objetivo unir o movimento de pessoas com deficiência visual em âmbito internacional, promovendo melhores níveis de inclusão no mundo do trabalho.

O representante da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB) e coordenador Nacional do Programa Ágora Brasil, Carlos Ferrari, destacou que é preciso melhorar os padrões de acessibilidade. “Estamos vivendo em um mundo que é preciso coragem para quebrar paradigmas para a inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho”.

Para ele, a presença de um braço físico é fundamental para aproximar todos os entes participantes do processo. O programa possui dois pilares, a sustentabilidade e a cooperação técnica e a parceria entre o Ismac e a Subjuv mostra que é possível promover ações que contribuam com o desenvolvimento do jovem com deficiência.

A coordenadora regional do Programa Ágora Brasil Regional Centro-Oeste e vice-presidente do Ismac, Telma Nantes de Matos, ressaltou que o tema empregabilidade e empreendedorismo para os jovens com alguma deficiência ainda precisa ser bem trabalhado dentro da sociedade. “É um desafio imenso porque as pessoas ainda olham para nossa deficiência e não para nossas qualidades”.