Instabilidade política brasileira já interfere na cotação do dólar
Por Ariel Moreira Publicado 19 de maio de 2017 às 13:17hs

As denúncias envolvendo o presidente Michel Temer abalou a cotação do dólar desta sexta-feira (19). Após ter fechado com a maior alta diária em 18 anos na quinta-feira (17), ele começa o dia de hoje em queda. O movimento é de correção e também sente os efeitos da forte intervenção do Banco Central.

Às 10h29 (horário de Braília), a moeda norte-americana chegou a ficar 2,59% mais baixa, cotada a R$ 3,3011 na venda, após fechar a R$ 3,3890 na sessão anterior.

Depois de ter sido atingido por denúncias, feitas pelo empresário Joesley Batista, da JBS, para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou abertura de investigação contra o presidente Temer.

Para Alexandre Wolwacz, da L&S Investimentos, o recuo observado hoje no início dos negócios é natural e não tem relação com o conteúdo dos aúdios das conversas entre Temer e Joesley, divulgados na noite anterior.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!